Olá, seja bem-vindo! Muito obrigado pela sua visita!

domingo, 9 de abril de 2017

PERSONAGENS DE NOSSA HISTÓRIA: QUEM FOI OLDEGAR OLSEN SAPUCAIA


Nota do Blog: Nossa cidade de Rio Negrinho homenageia o 1º Tenente Aviador Oldegar Olsen Sapucaia, rionegrinhense, que morreu em luta na 2ª Guerra Mundial, com a denominação da praça central de nossa cidade, mais conhecida como a “Praça do Avião”. O presente texto foi redigido com base no texto, com adequações, do site ‘SENTANDO A PUA” – A HISTÓRIA DA AVIAÇÃO MILITAR BRASILEIRA NA SEGUNDA GERRA MUNDIAL – 1943/1945, e no livro “RIO NEGRINHO – SC RAÍZES DA COMUNIDADE” de autoria do ex-prefeito Nivaldo Simões de Oliveira, aos quais agradecemos pela gentileza.

QUEM FOI OLDEGAR OLSEN SAPUCAIA

Nascido em Rio Negrinho/SC, em 09/06/1924, Oldegar, era filho de Elvira Olsen Sapucaia e do médico General Alfredo Gomes Sapucaia, e tinha 5 irmãos: Orlando, Djalma, Glicia, Almir e Dirce. Sua mãe Elvira era filha de Adolfo Olsen, tradicional patriarca de nossa terra. De família militar, filho do general médico Alfredo Gomes Sapucaia, herdou o apelido de “Cocinha” de seu irmão, Orlando Olsen Sapucaia, o “Coça” da Arma de Cavalaria.

Oldegard era o caçula da Turma de Aspirantes de 1942 da Escola de Aeronáutica do Campo dos Afonsos. Não havia atingido ainda os 20 anos. Ao receber sua estrela de Aspirante a Oficial Aviador foi convidado a permanecer na Academia como instrutor até seu voluntariado na Unidade Expedicionária. Foi piloto de combate da esquadrilha amarela. Era instrutor na Escola de Aeronáutica quando se voluntariou para integrar o 1º Grupo de Caça. Se preparava, em Tarquínia, para a sua 1º missão de combate, fazendo um rápido vôo de treinamento em seu avião P-47

Em 07/11/1944, o “Cocinha” decolou para cumprir sua missão de ataque a elementos motorizados em Bologna. Ninguém sabe exatamente o que aconteceu, mas quando em alta velocidade e baixa altura, o avião trancou os comandos, Oldegard ainda tentou saltar de paraquedas mas a pouca altitude não permitiu que ele abrisse vindo o piloto a chocar-se mortalmente contra o solo.  Faleceu em Tarquínia (Itália) em 07/11/1944. Seus restos mortais hoje repousam no Monumento dos Pracinhas no Rio de Janeiro, RJ. Foi promovido post-mortem a 1º Tenente Aviador.

O nome de Oldegard já está na história. Hoje é nome de Rua, Praças, Escolas e em diversas cidades do Brasil. No Rio de Janeiro, RJ: Rua TEN. Oldegard Sapucaia, no Méier; em Blumenau, SC: Rua TEN Oldegard; em Florianópolis, SC: Rua TEN. Oldegard Sapucaia; em Ijuí, RS: Colégio TEN. Oldegard; em Rio Negrinho, SC: Praça TEN. Oldegard Olsen Sapucaia, onde está colocado um NA T-6, num belo pedestal e uma placa de bronze com o seu nome; em Rio Negrinho, SC: Sala TEN. Oldegard - Ginásio Local

 INAUGURAÇÃO EM 1944 DA PRAÇA OLDEGAR OLSEN SAPUCAIA

Situada na área central junto ao prédio da intendência, quando Rio Negrinho ainda era Distrito do Município de São Bento do Sul, sob a administração local do então Intendente Distrital, Péricles Porto Virmond, numa justa homenagem pelo gesto de heroísmo ao abnegado jovem piloto de caça, foi inaugurada a PRAÇA TENENTE AVIADOR OLDEGAR OLSEN SAPUCAIA, ainda em 1944, com a presença de autoridades e de familiares. 













Na placa está gravada a seguinte mensagem:



PRAÇA TENENTE AVIADOR OLDEGAR OLSEN SAPUCAIA

Homenagem do povo de Rio Negrinho. Àquele que tudo deu pela Pátria, a mocidade e a própria vida. Itália - 1944









INSTALAÇÃO DO AVIÃO EM 23 DE OUTUBRO DE 1975

A instalação do avião na Praça Tenente Aviador Oldegar Olsen Sapucaia, atualmente mais conhecida como PRAÇA DO AVIÃO aconteceu em 23 de outubro de 1975, numa bela iniciativa do então prefeito Nivaldo Simões de Oliveira.





Esta aeronave foi instalada em Rio Negrinho depois de solicitação dirigida pelo então prefeito, em 11 de fevereiro de 1975, ao então Ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Joelmir de Campos Araripe Macedo, que atendeu o pedido, determinando a concessão do monomotor da Força Aérea Brasileira, um T-6 North American P-47, que estava a disposição no município de Lagoa Santa (MG). Coube ao servidor municipal José Elso Nunes (Zéca), representando a municipalidade trazer esta aeronave daquela cidade até nosso município.

Esta feliz iniciativa de providenciar a instalação na Praça Tenente Aviador Oldegar Olsen Sapucaia de uma réplica do então potente e extraordinário monomotor da Força Aérea Brasileira, um T-6 North American P-47, que foi solenemente entronizado em 23 de outubro de 1975, exatamente no Dia do Aviador. 







Este avião foi conseguido com o Ministério da Aeronáutica, para distinguir as homenagens da comunidade ao jovem herói rionegrinhense, similar a aeronave pilotada pelo tenente. A inauguração realizada pelo prefeito Nivaldo Simões de Oliveira contou com a presença de familiares do homenageado, de autoridades militares e civis e ainda da miss Brasil Ingrid Budag.
(Foto: Ex-prefeito Nivaldo Simões de Oliveira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário